• Instagram
  • YouTube
  • Spotify ícone social
Veja o que saiu na mídia sobre mim:

Oi.

Meu nome é Roberta Carusi.

Eu fui publicitária por 25 anos, trabalhava de

18 a 20 horas por dia, virava 2 noites toda semana, sem descanso, sem fim-de-semana, minha cabeça estava sempre a mil.

Um dia, tive um treco, mas nem desconfiei o que era.

Primeiro, porque não se falava em burnout.

Segundo, porque eu ouvia que ora,

cansado todos estão.

Eu ia nos médicos e eles me diziam que eu

não tinha nada.

Que era frescura.

Que eu estava exagerando.

Que eu tinha uma angústia.

Que eu precisava dar uma passada no pronto-socorro pra ver o que é estar doente de verdade.

A maioria dos “amigos” sumiu.

Disseram que eu estava louca.

Disseram que eu tinha fracassado.

E eu acreditei.

Eu mal ficava em pé, tinha uma sensação de desmaio

o tempo todo,

virei um trapo de chão e as pessoas falando que eu estava inventando desculpa pra não trabalhar.

Até que eu entendi o que era.

Entendi como se trata.

E assumi as rédeas da minha vida de novo.

Mas, nesse caminho, o caminho que ninguém te conta, eu vivia em desespero.

Teve médico irresponsável me dando remédio errado.

Teve médico arrogante me forçando a fazer tratamento que me fez mal.

Teve psicólogo que achou que meu cansaço

era por causa do tempo seco.

Teve terapeuta que me afundou mais no caos.

E nesse processo eu entendi o quanto a gente

é mal orientado. Desautorizado. Humilhado.

O quanto a gente fica nas mãos de gente ignorante, arrogante, irresponsável.

E decidi que eu ia começar a falar sobre isso,

porque ninguém merece passar o que passei.

E estou aqui, cumprindo a promessa que fiz pra mim mesma até hoje: tem livro, tem canal no youtube,

tem perfil no instagram, tem e-book, tem grupo de atendimento social e tem atendimento individual de terapia, porque foi inevitável que eu seguisse esse caminho: nada pode ser tão difícil quanto fazem

ser uma recuperação de burnout.

Não é assim, simplesmente não pode ser assim.

Então, estou aqui pra te dar a mão e te ajudar nesse caminho, te mostrando onde tropecei e os atalhos que eu descobri.